Abra os olhos para os cuidados com a visão

Com a presença cada vez maior dos tablets, smartphones e outros equipamentos eletrônicos na rotina das pessoas, nunca antes a visão foi tão exigida. Horas seguidas diante das telas podem prejudicar, e muito, a saúde dos olhos.

Reduzir o máximo possível a exposição a esses aparelhos é o mais recomendado, mas não só isso. Uma série de cuidados e hábitos podem ajudar a evitar doenças e melhorar a qualidade da visão.

O Conselho Brasileiro de Oftalmologia divulga que cerca de 50 milhões de brasileiros sofrem algum tipo de distúrbio na visão, na maioria dos casos, cegueira e deficiência visual, que poderiam ter sido evitados.
Além da moderação no uso dos eletrônicos, cuidados com a higiene e a alimentação estão na lista das melhores práticas. Veja quais são elas:

 1. Dedique tempo para lavar e evite coçar os olhos
O olhos e toda a região do entorno precisam ser higienizadas diariamente e com delicadeza. Remover as impurezas evita inflamações, previne alergias e conjuntivite. Dê atenção a esse momento, seja durante o banho ou ao lavar o rosto na pia. Coçar os olhos também pode trazer problemas. Isso porque as mãos sujas e a pressão sobre os olhos podem causar inflamação e lesões. Como se trata de um ato instintivo, é importante ter cuidado e procurar um oftalmologista caso a coceira persista. Já o hábito de piscar os olhos é positivo, uma vez que funciona lubrificando as córneas, evitando portanto o ressecamento e as irritações.
 
2. Limpar a maquiagem é a lei
 Deixar de retirar a maquiagem é um erro que pode provocar inflamação e alergias nos olhos. Remover produtos de beleza precisa ser um hábito regular, e dos mais importantes. Muito cuidado também com as condições das maquiagens, que devem ter qualidade e procedência comprovadas, de preferência sem conservantes e antialérgicas. O ideal é que o uso seja pessoal, ou seja, é melhor não usar produtos de outras pessoas. Higienizar esponjas, pinceis e escovas é o que evita contaminação por bactérias.

3. Lente de contato é coisa séria
As lentes de contato são um ótimo recurso, mas sem os cuidados de higiene podem causar problemas sérios aos olhos. Para a limpeza e o uso das lentes, deve-se seguir todas as recomendações do oftalmologista e as sugestões do fabricante, sobretudo obedecer o prazo de validade dos produtos e ser rigoroso na lavagem das mãos.

4. Cuidado com o açúcar
Uma dieta saudável repercute diretamente na saúde dos olhos, e é capaz de evitar catarata, cegueira noturna, síndrome do olho seco e degeneração macular, por exemplo. Portanto, só depende de cada um preferir alimentos ricos em nutrientes como ômega 3 e vitaminas A e C, manganês, luteína, cobre e zinco, entre outros. Na prática, tenha regularmente em seu cardápio frutas cítricas, pescados, milho, gema de ovo, espinafre e outros vegetais verde-escuros, frutas secas, cereais integrais, nozes etc.

Controlar a ingestão de açúcar é essencial porque o excesso de glicose no sangue também pode causar problemas à visão. O risco é maior para os portadores do diabetes, do tipo 1 ou 2, que podem desenvolver retinopatia diabética, doença que se manifesta pela visão embaçada e que pode gerar hemorragia interna e cegueira reversível.

5. Atividade física também faz bem para os olhos
Praticar exercícios regularmente favorece a saúde como um todo e também é benéfico aos olhos. Um motivo a mais para se exercitar com o esporte ou a atividade física de que mais goste.

6. Cigarro é um inimigo dos olhos
Alguns estudos mostram que o ato de fumar está associado a problemas como degeneração macular e catarata.

7. Consulta médica é indispensável
O ideal é visitar o oftalmologista uma vez ao ano ou quando perceber algum problema. Exames preventivos podem evitar a maioria das doenças oculares. Importante também não usar colírios ou outra medicação sem indicação médica e sempre proteger os olhos da luz solar usando óculos escuros.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *