Profissional de RH: o equilibrista (Parte 2)

No complexo desafio de atuar com Recursos Humanos, algumas estratégias podem facilitar o atendimento às demandas de todos os colaboradores e harmonizar as relações corporativas.

1. Definir expectativas. Em sua busca para satisfazer a todos, gestores de RH inexperientes podem, algumas vezes, enviar mensagens conflitantes. É importante deixar sempre claro o próprio papel, realizar uma comunicação eficiente. A transparência com todos sobre o que se pode esperar do RH em termos de compromisso com a confidencialidade pode criar o espaço necessário para que as ações do RH ganhem a receptividade para que sejam efetivas.

2. Conquistar confiança. Funcionários nunca irão aproximar-se do RH para compartilhar problemas se não houver confiança. Ambientes tóxicos pela fofoca podem criar um ciclo vicioso difícil de combater e o RH pode se tornar refém desta situação, ficando na defensiva e isolado. O que fazer então para construir a confiança? Comunicações escritas e reuniões formais podem ajudar, da mesma forma que interações informais com os funcionários, individuais ou em grupo. Só é preciso cuidar para que as ações não sejam percebidas como hipócritas, ou não serão sustentadas ao longo do tempo.

3. Estabelecer confidencialidade. O princípio é que todos os funcionários têm o direito à confidencialidade, que nem sempre pode ser garantida já que existem as situações com repercussões legais ou penais. Estes limites devem ser observados com bastante cuidado.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *